Informação Geral

 

Em Novembro de 1999, o Instituto Politécnico de Macau criou a Academia do Cidadão Senior, a primeira unidade deste tipo em Macau, permitindo que os idosos estudem numa instituição de Ensino Superior. Os objectivos da Academia são os seguintes: pôr em prática a ideia da formação para idosos; dar-lhes a oportunidade de regressar à escola para enriquecer e actualizar os seus conhecimentos, melhorando assim as suas expectativas de vida.

De acordo com estes objectivos, há uma variedade de temas à escolha, tais como, informática, línguas, tecnologia, artes e educação para a saúde. 
Existem hoje 29 cursos e actividades, para um total de 54 turmas, com 480 inscritos. A fim de proporcionar iguais oportunidades de educação aos idosos, a partir do ano lectivo de 2003/2004, o período de estudo dos alunos foi fixado em quatro anos. É importante salientar que a aquisição de conhecimentos não é o único objectivo dos cursos do Instituto. É também muito importante ajudar os idosos a planificarem o seu tempo livre. Nunca é tarde demais para aprender, pelo contrário, há que saber tirar partido dos conhecimentos adquiridos. A Academia organiza alguns grupos de actividades em função da afinidade de interesses, por exemplo, o grupo coral, de instrumentos musicais e de dança tradicional chinesa. Além disso, foi formada uma equipa de voluntários para ajudar e estimular os idosos no sentido de aproveitar ao máximo o seu potencial. Há também uma equipa de Tai Chi, com o objectivo de aumentar a popularidade da sua prática e de incentivar os idosos a fazer mais exercício físico. Esta equipa já obteve louvores em diversas apresentações públicas.
 

Durante os últimos 14 anos, a Academia tem-se empenhado na troca de experiências com instituições de ensino similares, quer no Continente, quer em Taiwan e em Hong Kong, a fim de aperfeiçoar os seus programas para os idosos, o que tem sido conseguido. Em 2009, realizou-se em Pequim a cerimónia de atribuição dos prémios nacionais de "Distinção de Instituições de Ensino para a Terceira Idade". A Academia do Cidadão Senior foi nomeada "Universidade Nacional da Terceira Idade", enquanto o Presidente do Instituto, Prof. Lei Heong Iok recebeu o prémio "Distinção na área da Educação Nacional para a Terceira Idade" e a Directora Lam Wan Mei foi nomeada " Educadora Nacional da Terceira Idade ".